O diploma técnico pode contribuir para o aumento da renda familiar

Por muito tempo, ter um diploma técnico nem sequer era cogitado após a conclusão do ensino médio. O caminho mais lógico era seguir para uma graduação, afinal, a formação superior era como um passaporte para a garantia de maiores chances de um aumento de renda e ascensão social. Entretanto, esse cenário mudou e hoje faltam profissionais técnicos.

A pandemia deixou ainda mais evidente esse deficit na área da saúde. Para se ter uma ideia, o cargo de Técnico em Enfermagem apresentou um crescimento de 314% no número de vagas de emprego, de acordo com uma pesquisa realizada pela empresa de recrutamento on-line Catho. Tendência que deve seguir em alta nos próximos anos.

O cenário dentro das indústrias não é diferente: faltam profissionais qualificados e, de acordo com a Confederação Nacional da Indústria (CNI), essa situação deve se agravar nos próximos anos com a expansão da economia, tornando-se um dos principais obstáculos ao crescimento da produtividade e da competitividade do país.

Vários concursos públicos de nível técnico também estão previstos para acontecer ainda este ano, com salários e benefícios bastante atrativos. As vagas para esses cargos costumam ser maiores e menos concorridas do que as oportunidades de nível médio ou superior, o que é mais uma vantagem para quem conquistou o diploma técnico.

Toda essa demanda torna o diploma técnico uma opção vantajosa para quem tem pressa de garantir um aumento de renda. Isso porque existem algumas alternativas que podem tornar a conquista do diploma técnico muito mais rápida, sem a necessidade da realização de um curso, como é o caso da certificação por competência profissional  ofertada pelo IETAAM para profissionais com mais de 18 anos, ensino médio completo e que já possuem experiência comprovada de mais de 2 anos registrada em carteira. Essa oportunidade também é recomendada para quem está cursando alguma graduação que possui uma área técnica relacionada e não quer esperar 4 anos ou mais para poder concorrer em oportunidades efetivas na área de atuação escolhida e, dessa forma, ter por antecipação o sonhado retorno financeiro.

Um exemplo é a trajetória profissional de Cátia Goi, que já atuava há 19 anos como auxiliar de enfermagem e, em 2020 percebeu que estava perdendo diversas oportunidades por não possuir o diploma técnico. Ela conheceu o IETAAM, conquistou o tão sonhado diploma de Técnico em Enfermagem e, ainda, garantiu uma promoção no trabalho, além de já estar de olho em outras oportunidades que não param de surgir. 

Outra história interessante é a de Guilherme Tomasoni, graduado em Gestão Ambiental. Aprovado em um concurso público que exigia uma formação técnica na área ambiental, ele comprovou toda a sua experiência com o apoio do IETAAM.

Foi assim que Guilherme  garantiu o diploma de Técnico em Controle Ambiental. Ele destacou a importância da agilidade do processo para a sua conquista. “A minha negociação foi super-rápida e o diploma chegou na minha casa em um curto período de tempo, até antes do prazo estipulado”, finaliza.

Quer saber mais sobre como a certificação por competência pode lhe ajudar a conquistar o diploma técnico muito mais rápido? Consulte o IETAAM

 

Desenvolvido pela KAKOI